Pensar muito em doenças, pode realmente te deixar doente de acordo com alguns estudos

Preocupação com doenças pode te fazer adoecer de verdade

Pesquisadores noruegueses mostraram que ser hipocondríaco pode realmente influenciar na saúde

Você conhece alguém que fica pensando em doença o tempo todo? Pois saiba que isso pode levá-la a realmente ter doenças sérias, como as do sistema cardiovascular. Ao menos é isso o que afirma uma pesquisa realizada na Noruega. Veja aqui os detalhes.

Hipocondríacos podem adoecer de preocupação

Um estudo sobre o tema foi realizado por pesquisadores do Serviço Nacional de Exames Clínicos, aliados à Universidade de Bergen. Nele, fica clara a relação entre a preocupação com doenças e o desenvolvimento de problemas cardíacos. Foram acompanhados mais de 7000 pessoas, por 13 anos consecutivos.

Nesse período, foram medidos os níveis de ansiedade com a saúde (preocupação com as doenças), além de outros fatores. Certamente passaram também por uma avaliação física. Porém, foram investigados fatores bem específicos, como a pressão sanguínea, pressão arterial e exames de sangue diversos. Dessa forma, não tem como relacionar com muitos tipos de doenças decorrentes.

Apesar disso, eles perceberam que aqueles que sofrem com essa ansiedade sobre as doenças tem o dobro de chance de ter problemas cardíacos, se comparados aos outros. Eles também sentem mais dores agudas no peito – mesmo que sem uma causa aparente – retroalimentando o transtorno.

Causa da relação

Uma explicação dada ao problema é que a quantidade de cortisol que uma pessoa que sofre com ansiedade tem é muito maior do que uma normal. Dessa forma, aumentam as chances de se ter problemas cardiovasculares. Além disso, também pode ajudar a desenvolver transtornos do sono, obesidade e até cognitivos.

Para agravar ainda mais o quadro de que quem sofre com o transtorno de ansiedade sobre doenças, tem outro ponto. Além de já imaginar e pesquisar tudo sobre o assunto, o paciente pode realmente sentir as dores, taquicardia, sudorese e outros sintomas correlatos. Isso porque são também pertinentes a quem sofre com ansiedade.