Diga adeus a labirintite, zumbido no ouvido, tonturas e insônia com esta noz!

Links patrocinados
Saiba agora que a noz-moscada pode ajudar.
Conhecida pela doença da labirintite ataca a população de média idade, mas que desde cedo contribuiu de alguma forma.
Os seus sintomas são horríveis e consistem em tonturas e vertigens, negligenciando a audição. É um problema sério e quando se manifesta demora um pouco a acalmar as crises.
Se sofre de labirintite, vamos passar-lhe uma solução, mas em complemento deve modificar e equilibrar as suas rotinas e hábitos.
Se fuma, bebe bebidas com álcool e toma café deve parar, pois estes 3 elementos são contributos e muito fortes para ter uma crise.
Se toma aspirina saiba que o medicamento também contribui para que esta doença do “zumbido no ouvido” se manifeste.
Em contrapartida, devemos dizer-lhe que uma conhecida especiaria que certamente tem na cozinha vai ajudar e muito no combate e prevenção. Mas lembre-se que é importante não exagerar na dose da especiaria, seguindo com atenção todos os passos da receita.
nutmeg-233964_640
Preste atenção à nosso receita:
Ingredientes:
  • Água: 1 copo;
  • Noz-moscada: 1/4 colher de chá;
  • Louro: 1 folha.
Preparação:
  1. Com a ajuda de uma trituradora, triture a nós moscada;
  2. Leve a água ao fogo com 1 o louro, até entrar em ebolição;
  3. Junte a nós moscada à agua, desligando o lume e deixando repousar com a tampa por uns minutos.
Recomendamos, que beba o “chá” durante 48 horas, 3 vezes ao dia e, pode repetir a cada mês. Já viu que máximo?
Saiba também que o consumo de refrigerantes processados e chocolate, por muito bem que saibam não a ajudam nada quanto à labirintite.
Acredite que com esta receita se vai livrar do constante medo que as tonturas voltem. Já experimentada por muitas mulheres, afirmam resultados, sem recorrer a químicos e mais químicos.
Ela é ideal para ajudá-la a regular o seu sono, nas insónias e  perturbações durante a noite, experimente, não se irá arrepender!
Por fim, aconselhamos sempre a visita regular do seu médico e a realização de exames periódicos. Lembre-se de complementar com uma equilibrada alimentação e prática de exercício físico, tentando sempre livrar-se de tensões e stress, associados também eles a esta doença do ouvido.
Mantenha-se saudável!
As dicas deste artigo não substituem a consulta ao médico. Lembre-se que cada organismo é único e pode reagir de forma diferente ao mencionado. E para obter os resultados mencionados também é preciso aliar a uma vida e alimentação saudável e equilibrada.

Links Patrocinados